sábado, 19 de maio de 2012

O processo de convergência e a previsão dos fluxos de caixa futuros

 O PROCESSO DE CONVERGÊNCIA ÀS IFRS E A CAPACIDADE DO LUCRO E DO FLUXO DE CAIXA EM PREVER OS FLUXOS DE CAIXA FUTUROS: EVIDÊNCIAS NO MERCADO BRASILEIRO

Augusto Cezar da Cunha e Silva Filho
Márcio André Veras Machado
Aldo Leonardo Cunha Callado

RESUMO

Nos últimos anos, diversos estudos têm investigado  a capacidade informativa do lucro
contábil nos mercados de capitais. Uma parte dessaspesquisas está voltada em explicar a
relação entre lucro, fluxo de caixa e accrualse fluxos de caixa futuros. O foco é verificar qual
informação contábil é mais relevante em prever o fluxo de caixa futuro. Nesse contexto,
insere-se este artigo, que tem por objetivo analisar, em períodos ‘pré’, ‘durante’ e ‘pós’
processo de convergência às IFRS, a capacidade do lucro (líquido e operacional), fluxo de
caixa e  accrualsem prever os fluxos de caixa futuros de 54 empresas não financeiras de
capital aberto, durante os anos de 2006 a 2011. A metodologia utilizada, por meio de análise
de regressão, baseia-se nos trabalhos de Greenberg,Johnson e Ramesh (1986) e Barth, Cram e
Nelson (2001), onde se utilizou cinco variáveis contábeis para tentar explicar o
comportamento do fluxo de caixa futuro. Os resultados revelam um aumento da capacidade
explicativa do lucro líquido e do fluxo de caixa operacional combinado com os  accruals,
calculados pelo enfoque do fluxo de caixa, durante  o período pós convergência,
comparativamente aos períodos pré e convergência parcial. Adicionalmente, os resultados
evidenciam que os lucros desagregados em fluxo de caixa e  accrualsaumentam
significativamente a capacidade preditiva dos fluxos de caixa futuros. Dessa forma, pode-se
concluir que os  accrualspossuem um poder informativo adicional em predizeros fluxos de
caixa futuros.
Palavras-chave: Fluxo de Caixa; Value Relevance; Accruals; Informação Contábil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...