sexta-feira, 7 de julho de 2017

[REVIEW] O mago das mentiras - filme sobre Bernie Madoff

Quase todos que se interessam por investimentos devem conhecer a história de Bernie Madoff, o criador do que foi considerado, talvez, o maior o maior esquema de Pirâmide de Ponzi da história da humanidade!

Os que não são interessados em investimentos, mas são interessados em dinheiro fácil devem conhecer as pirâmides. 

Sempre que tenho a oportunidade eu tento falar sobre algumas delas aqui no blog, de modo a alertar os mais desavisados. São exemplos a "Mandala da Prosperidade", o "BBom" e o "TelexFree" (veja aqui também como diferenciar pirâmide de marketing multinível). Aqui também tem um caso bem parecido com o de Madoff que aconteceu no Brasil.

Ah, não poderia deixar de comentar. Esse filme foi indicação de um amigo do Facebook. Caso tenham outros filmes do tema de interesse daqui do blog, peço que me recomendem também.

Deixando a conversa de lado, vamos à review.

QUEM SÃO OS AUTORES

Barry Levinson: foi o diretor do filme. Maiores informações sobre ele poderão ser obtidas aqui.

Diana Henriques: foi quem escreveu o filme. Maiores informações aqui.


UMA VISÃO GERAL

O primeiro ponto a falar é que se trata de um filme bem longo para os padrões de hoje em dia, mas, por ser uma produção da HBO, não se poderia esperar algo diferente - talvez eles até tenham pensado em fazer algo mais longo e profundo.

O filme começa tratando do encontro de Madoff com a jornalista que o entrevistou durante o filme todo e foca muito nas suas relações familiares.

Podemos ver que o cara era muito cínico - talvez até um sociopata.

Sendo assim, não espere um filme como "A grande aposta", que explorou muito sobre como as coisas aconteceram, porque essa não é a ideia geral.

Isso me lembrou muito o "Becoming Warren Buffett", inclusive.


TRECHOS DE DESTAQUE

Para não dar spoiler, vou falar bem genericamente e de pouca coisa. Porém não posso deixar de falar do trecho em que muitas pessoas, até multimilionários, aparecem falando que perderam praticamente tudo com o esquema de Madoff. 

Nesse trecho a gente vê que até em um fundo de investimentos que teoricamente já diversifica bem os seus investimentos, não parece ser uma boa ideia deixar todo o seu dinheiro em um único fundo... vai que aparece um outro Madoff por aí (veja aqui no blog sobre diversificação).

Mais na frente ele toca no assunto “diversificação” outra vez, falando sobre o "motivo" de ter começado a sua pirâmide - prestem bem a atenção a este detalhe.

Mais para o final, o filme fica bem mais pesado, explorando algumas relações pessoais que aconteceram de verdade. Apesar de ser um vilão, sua situação é bem triste.

Porém, a parte mais legal para mim é quando mostram uma cena com um indivíduo que denunciou Madoff, mas ninguém deu atenção a ele – nem mesmo os reguladores que fizeram uma visita ao seu escritório fizeram a investigação correta, talvez pelo peso de seu nome àquela época. 

Esse último trecho nos faz lembrar também de "A grande aposta", que ninguém deu ouvidos ao doidão da bateria (mais conhecido como Michael Burry) e de que os órgãos reguladores erram feio com certa frequência (já cansei de reclamar aqui da CVM e sua Instrução CVM 358)

Sempre devemos ficar ligados, porque a história parece se repetir de vez em quando!


NÍVEL DE PROFUNDIDADE/ACESSIBILIDADE

O filme é muito pouco profundo e não foca em questões técnicas.

Dessa forma, qualquer pessoa que queira poderá assistir e acompanhar sem o menor problema, desde os que sabem aos que não sabem o que é uma Pirâmide. Apenas precisa gostar de assistir a filmes de drama.


VALE À PENA?

Apesar de ser um filme "longo" e pouco profundo, isso não o faz ser ruim. 

É um filme até que bem legal. 

Eles misturam eventos “correntes”, com eventos passados, enquanto há uma conversa entre Madoff e a jornalista que o entrevista na prisão.

Eu assistirei de novo em breve. Recomendo!

Assista aqui ao trailer:


Outras indicações de filmes poderão ser encontradas clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...