quarta-feira, 28 de junho de 2017

Valuation e Contabilidade: o bom contador do futuro?

Professor William Braxter falava que o bom contador do futuro será um expert em valuation, isso lá nos anos de 1950 (saiba mais sobre ele aqui). 

Acho que foi o Professor Zé Elias da UFES quem me falou essa frase uma vez, e o Professor Edilson Paulo sempre cita isso na primeira aula do mestrado. Créditos a eles também!

A frase completa é a seguinte (retirada daqui):

“The good accountant of the future will be an expert in valuation. . . . He will of course need a much fuller training in theory, particularly economic theory, than most of us have enjoyed in the past”

Toda hora é preciso fazer valuation de algo (ativos ou passivos). Algumas mais simples (e.g. impairment), outras mais complicadas (aquisição de empresas).

Precisei revisar o balanço do 4t16 da Raia Drogasil esta semana e lembrei de fazer a ilustração da frase de Braxter com o relatório dos auditores, quando, nos principais assuntos de auditoria (PAA), os auditores falaram sobre "ativos intangíveis de vida útil indefinida" e a aquisição de "participação societária da 4Bio Medicamentos S.A":

Clique na imagem para ampliá-la

Felizmente alguns alunos do curso de contabilidade da UFPB já estão ligados nisso e se matriculam em disciplinas fora de seu curso para estudar valuation. Contudo, em breve e finalmente, teremos essa disciplina no curso de contabilidade! No nosso mestrado/doutorado também temos essa disciplina como obrigatória para os alunos da área de usuários externos.

Finalizo com essa música tocada pelo The Offspring (que infelizmente perderei o show no Rock in Rio): life is not the same... o futuro é agora e os contadores que têm limitações com relação à avaliação de ativos serão esquecidos e desaparecerão.



8 comentários:

  1. Respostas
    1. Se forem feitas para gerar informação e não apenas para atender ao IR... sim!

      Excluir
  2. Por onde começamos? Cursos, literatura e etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jefferson, um bom livro para estudar (são vários, na verdade) é o de Damodaran.

      Aqui no blog tem a tag de Valuation que tem alguns materiais também: http://contabilidademq.blogspot.com.br/search/label/Valuation

      Eu estou dando um curso fechado lá na Sala de Ações, mas em breve devemos agendar um curso aberto para quem quiser.

      Você é de que cidade?

      Excluir
  3. Oi Professor. Sou de São Paulo, capital e acompanho vocês aqui do blog há uns 4 anos. Através de vocês eu tenho me interessado muito pelo assunto. Professor, faça algo online

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Jefferson. Quem sabe um dia... infelizmente tenho umas restrições contratuais na Universidade, mas pensarei em algo.

      Você pode acompanhar os materiais das minhas aulas no marcador de valuation daqui do blog. Começarei uma nova turma no dia 17/07.

      Excluir
  4. Saudações, professor. Parabéns e obrigada pelo conteúdo! Gosto muito do tema "valuation", tanto que "impairment" foi tema de minha dissertação, onde tive oportunidade de estudar com mais afinco o valor justo e o valor em uso.Inclusive, Prof. Edilson Paulo, também da UFPB, esteve em minha banca avaliadora.

    Em breve, pretendo estudar avaliação de instrumentos financeiros também. Todavia, no momento estou trabalhando com consultoria tributária e societária predominantemente em pequenas e médias empresas - mais precisamente, de empresas consideradas PMEs para fins de apresentação das Demonstrações Contábeis (DCs) mas com faturamento bastante razoável para a economia brasileira - e noto que as DCs ainda são elaborada de maneira bastante rudimentar.

    Geralmente, esta contabilidade é feita por escritórios, os quais sabemos que acabam por se ocupar tanto com as obrigações tributárias acessórias (SPEDs) exigidas pelo governo, que a contabilidade em si deixa a desejar, não obstante a existência de um CPC PME.

    O Senhor acha que há tendência de mudanças nesta realidade, ou o "valuation" acabará por diferenciar o contador do futuro, mas que será bem aproveitado apenas em grandes corporações?

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelo comentário, Mariana. Valuation é um tema muito bom, porque é contabilidade usada para analisar o valor de fato das coisas. Eu gosto demais também!

    E, coincidentemente, hoje eu recebi um convite para trabalhar com empresas pequenas (menores que as suas, talvez) em um Instituto de Desenvolvimento do meu estado.

    Sobre a previsão que você me pediu para fazer, eu não acho que as empresas mudarão sua cultura no médio prazo. Apenas as que sobreviverão mudarão essa cultura.

    Se eu trabalhasse com isso efetivamente (contabilidade de empresas menores), tentaria pensar em formas de mostrar para eles a importância das informações contábeis e da análise da criação de valor no negócio ao longo do tempo.

    Não ter isso, é como estar cego em um campo de futebol em que ninguém sabe o placar do jogo, nem quanto tempo falta até o término da partida.

    Por falar em previsão, dá uma olhada numa review que eu fiz do Superprevisores. Quem gosta de valuation tem que ler esse livro!

    http://contabilidademq.blogspot.com.br/2017/04/os-10-mandamentos-do-aspirante-a-superprevisor.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...