quarta-feira, 5 de abril de 2017

Por que os artigos levam desk rejection na EAR?

O novo editor da European Accounting Review (EAR), Professor Hervé Stolowy, nos trouxe alguns motivos e explicações para o desk rejection (clique aqui para acessar o texto).

Confesso que eu tenho muita dificuldade para dar um desk reject nos artigos que recebo na RECFin, porém sigo uma linha parecida com a do Professor Stolowy:
O artigo está dentro do escopo da revista?
O conteúdo  (revisão da literatura, desenvolvimento conceitual, metodologia, análise e conclusões) são adequados e indicam uma potencial contribuição à literatura?
O formato, sintaxe e gramática são consistentes com as políticas e expectativas da revista?
Antes de submeterem um artigo a qualquer revista, autoavaliem esses pontos (vejam isso aqui também, sobre autoavaliação da pesquisa empírica). Isso poupará o seu tempo e o do editor!

O Professor complementa com o seguinte:

Os artigos com pelo menos uma resposta negativa para as primeiras duas questões serão "desk rejected" pelo editor (ou editores associados), i.e., eles são rejeitados sem serem enviados aos revisores. (...) 

Na imagem abaixo vocês podem ver algumas estatísticas descritivas das desk rejections que os editores deram no ano passado. Dentre os motivos, os que mais me chamaram a atenção foram: escopo, autoplágio e plágio.

Sobre o escopo, as pessoas insistem em não verificar isso antes da submissão. Na RECFin eu tenho dado alguns desk rejections por causa disso e muitos outros porque as pessoas simplesmente submetem seus artigos sem verificar as normas da revista. Quando é questão de norma, eu retorno o artigo aos autores para que eles ajustem tudo e refaçam a submissão. Quando é questão de escopo, normalmente, eu sugiro uma outra revista, ou, pelo menos, uma outra área para submissão.

Com relação ao plágio e ao autoplágio, sem comentários. No caso do autoplágio, muitas vezes, é falta de cuidado dos autores. Já no plágio...


No link que indiquei lá no início da postagem, o Professor comenta cada um desses itens acima.

Recomendo a leitura completa!

Para mais dicas sobre pesquisa, leia o post "Dicas sobre como escrever artigos sua monografia e artigos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...