sábado, 14 de janeiro de 2017

O "valor justo" é "justo"?

Em "A (In?) Justiça do Valor Justo: SFAS 157, Irving Fisher e GECON", Paulo Roberto Barbosa Lustosa analisou a adequação dos conceitos de mensuração presentes no Statement of Financial Accounting Standards number 157.

Apesar da intenção “filosófica” por trás do uso do adjetivo “justo”, pelo FASB, o autor demonstra, após discutir sobre contabilidade econômica e mensuração contábil, que não se pode garantir a justiça em todas as mensurações a valor justo.

Este é um bom artigo para se ler e discutir sobre teoria e mensuração contábil com alunos, Professores e demais interessados no tema.


A versão em inglês poderá ser acessada aqui: http://periodicos.ufpb.br/index.…/…/article/view/32293/16915

A RECFin está classificada como B3 no Qualis CAPES e aceita submissões de artigos de modo ininterrupto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...