sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Pesquisa que Avalia a Valorização do Professor Aponta o Brasil como o Penúltimo Colocado no Ranking de Países

Numa pesquisa divulgada hoje (04/10/2013), realizada em 21 países, na qual buscou evidências quanto a valorização dos professores, apontou o Brasil em penúltimo lugar no Ranking. 
A pesquisa mostra que, entre os entrevistados, os brasileiros foram os que mais disseram que os professores tiveram influência em suas vidas. Esse dado é interessante, uma vez que demonstra que nós brasileiros, segundo a pesquisa, reconhecemos a importância dos mestres para a nossa formação.


Consequência disso, a pesquisa evidencia que brasileiros também apoiam salários mais altos para os professores e 88% acham que eles deveriam ser remunerados de acordo com o desempenho de seus alunos. Esse último ponto, onde descreve que a remuneração deva ser em função do desempenho do aluno pode não ser a melhor medida de performance para o professor, haja vista, que o desempenho do aluno é um fator que não depende somente da competência do docente, mas, e principalmente, do discente.   

E quais foram as evidências de desvalorização dos Professores no Brasil? 

A pesquisa demonstrou que a desvalorização desses profissionais fica clara quando os entrevistados são perguntados se gostariam que seus filhos fossem professores: apenas 20% responderam que sim. Por outro lado, 45% dos pesquisadores disseram que não encorajariam seus filhos a se tornarem docentes. Acredito que, se os pesquisadores tivessem ampliado a pesquisa (uma vez que a mesma entrevistou 1000 pessoas em cada país), esse percentual seria menor! 
Na China, que ficou em primeiro lugar no ranking, 50% dos pais encorajariam os seus filhos a serem professores, enquanto apenas 8% fariam o mesmo em Israel, último colocado entre os 21 países. Em geral, os países que mais respeitam os professores são aqueles que mais encorajam os seus filhos a terem essa profissão. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...