quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Carreira na contabilidade: monitoria

Semana passada encerramos com uma postagem de Isabel sobre a carreira de blogueiro em contabilidade. Essa semana iniciamos a série com a participação em projetos de monitoria que, inicialmente, possibilitam o despertar do aluno para a docência. Porém, mais que isso, faz com que o aluno comece a ter mais "jeito" com o tratamento com o público.

Com base nisso, a monitoria não serve apenas para quem quer ser professor. Pensem nisso!

Nossa colaboradora é Gabrielle Ingrid Souza, que é concluinte do cursos de Ciências Contábeis da UFPB. Tenho certeza que a experiência dela estimulará outras pessoas a participarem!



Experiência com monitoria

Interesse pela monitoria e incentivo


Quando criança meu sonho era ser professora de matemática, porém com uma família de educadores que sempre me incentivaram a seguir rumos contrários a essa realidade, por enxergarem as dificuldades da profissão.

No início não entendia muito bem a sistemática da contabilidade, mas como sempre tive vontade de participar de projetos de pesquisa ingressei no projeto da “sala de ações” que me possibilitou um novo conhecimento relacionado ao Mercado de Capitais.

Infelizmente, quando estava no início desse projeto, tive que começar a trabalhar. Por outro lado a experiência no setor contábil em uma empresa concessionária (de grupo composto por filiais em todo Nordeste) me permitiu uma nova visão da contabilidade, aquela que deve ser sempre trabalhada e discutida, feita para tomada de decisão.

Até o sétimo período já havia perdido o estímulo na área acadêmica e a via como algo muito longe da minha realidade. Porém, em apresentações sempre me destaquei e foi nesse período que conversando com professores, recebi um grande estímulo para envolver-me no ambiente acadêmico. Até que durante a disciplina de Sistema de Informações Contábeis (SIC), voltei por estímulo da professora Edmery a me dedicar à realização e concretização desse sonho. Duas atividades que considero importantes foram à elaboração de artigos e a participação no programa de monitoria.

Falando especificamente da monitoria, essa atividade se apresentou como uma excelente experiência para vivenciar a docência, onde tive oportunidade de seguir o Plano de Ação proposto pela professora, podendo assim acompanhar e discutir o planejamento das estratégias de aula, bem como acompanhar os debates em sala de aula.  
Hoje sou concluinte, mas afirmo que a monitoria foi uma experiência marcante que me permitiu desenvolver várias habilidades: falar em público, desenvolver a empatia, trabalhar em grupo, hábito pela leitura e escrita.

Experiência como monitora em Sistema de Informação Contábil


A monitoria em uma matéria teórica para se tornar interessante não é uma tarefa fácil, junto com a Professora Edmery, eu e Sérgio Estrela (outro monitor da disciplina), tivemos que criar mecanismos que estimulassem o interesse pela leitura em Sistema de Informação e nos levassem a realidade dos alunos. Foi através do moodle (um software livre, de apoio à aprendizagem, executado num ambiente virtual) que levamos os alunos ao Sistema de Informação que estivesse aliado à aprendizagem, e através de vídeos e artigos conseguimos criar debates dentro e fora desse ambiente. 
Porém, nada foi mais estimulante na monitoria do que o contato com a turma em sala de aula a partir dos círculos de debates, que tentaram aliar a realidade dos alunos com artigos e estudos. Nessa iniciativa, conseguimos levar os alunos a discussões construtivas, a apresentação de seus contatos com os Sistemas de Informação Contábeis para os outros colegas e incentivo a leitura de artigos.  
No contato com os alunos tentamos mostrar a todos como eles poderiam identificar os sistemas de Informação em seu cotidiano e no seu trabalho, nesse momento minha experiência profissional com diversos setores da contabilidade (desde o contas a pagar até a auditoria interna) e com transições entre sistemas simples para sistemas integrados teve boa utilidade.

Deixo o recado para todos que gostariam de seguir carreira acadêmica ou ser monitor(a) que sempre tentem, pois, é uma experiência gratificante e que ajuda não só na sua forma de se expressar, mas no conhecimento adquirido no contato com as histórias dos outros alunos. E para as universidades e os docentes que sempre incentivem os alunos pela pesquisa.

Por fim, espero não parar por aqui minha luta para seguir carreira acadêmica, também espero que esse texto tenha servido de estímulo para vocês leitores.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...