segunda-feira, 10 de junho de 2013

Assimetria informacional e características da firma: efeito tempo e divulgação

Esse artigo foi escrito pelos Professores Dr Orleans Martins e Dr Edilson Paulo, e foi premiado como melhor artigo do VII Congresso Anpcont.

Os autores analisaram os anos pós-crise bem como a divulgação das demonstrações contábeis para avaliar a assimetria informacional e as características econômico-financeiras das empresas brasileiras que negociam suas ações na BM&FBovespa. Com base na metodologia utilizada (mais detalhes podem ser obtidos no artigo original), os autores encontraram que o retorno, a liquidez e a volatilidade (das ações), o custo do capital e o tamanho (das empresas) se relacionam de forma direta com a assimetria informacional (quando uma tende a subir, a outra tende a acompanhar, por exemplo). Quanto ao retorno anormal das ações e a política de dividendos, os autores encontraram um relacionamento inverso com a assimetria informacional (enquanto uma sobe, a outra desce, por exemplo). Controlando esses resultados por ano e divulgação das demonstrações contábeis (para avaliar se eles eram estáveis ao longo do tempo), os autores inseriram uma variável dummy para tempo (assumindo valor 1 em 2010 e 0 em 2011) e para a divulgação das demonstrações anuais (assumindo 1 nos segundos trimestres). Apenas a dummy para o tempo apresentou significância estatística (negativamente), isso quer dizer que apenas ela influenciou a variação da assimetria naquele período.

Alguns dos resultados apresentados pelos autores são diferentes do que era esperado, com base no conhecimento obtido por meio de outros artigos publicados em outros países. Vale a pena o leitor dar uma lida no artigo para analisar os pontos citados e outros não citados. Para acessar o artigo completo, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...