domingo, 10 de março de 2013

Oscar da Review of Accounting and Finance 2012

Segundo a publicação "2012 Awards for Excellence" (veja ela no formato original clicando aqui) o artigo de maior destaque do ano foi o “Outside CEO directors on compensation committees: whose side are they on?” escrito por Li (Santa Clara University) e Qian (University of Iowa).

Os autores partem do pressuposto de que alguns órgãos ligados ao mercado de capitais como a SEC, NYSE, NASDAQ e a IRS fornecem incentivos para que as empresas incluam diretores de fora da empresa nos "comitês de compensação", porém esses diretores de fora da empresa podem tomar decisões enviesadas em favor dos diretores internos, às custas dos acionistas. Esse pressuposto foi assumido com base em alguns estudos anteriores citados no artigo que sugerem que pessoas com prestígio e posições similares tendem a olhar as coisas com as mesmas lentes. A pesquisa trouxe alguns achados interessantes. Sendo assim, não comentarei sobre eles aqui, mas, para ter acesso ao artigo completo clique aqui.

Outros três artigos foram classificados como os mais elogiados. Faço também um breve comentário sobre cada um deles:

The value relevance of pension accounting information: evidence from Fortune 200 firms

Werner (2011) analisou, com base no movimento para a utilização do valor justo na contabilidade dos fundos de pensão, o value relevance das informações contábeis dos fundos reconhecidos e dos divulgados (off-balance sheet). O autor encontrou que a utilização do valor justo não alterou o value relevance dos números contábeis desses fundos, encontrando também que os números off-balance sheet são incrementalmente value relevants na determinação dos preços das ações, mesmo sem ser relevantes nas decisões das agências de rating. Para acessar o artigo completo clique aqui.

Large Creditors and Corporate Governance: The Case of Chinese Banks

Hu et al (2011) tiveram como objetivo analisar se os bancos chineses efetivamente monitoram os seus devedores em duas decisões: taxa de juros do empréstimo e a sua renovação, de acordo com a performance financeira. Foi encontrada uma relação negativa entre a taxa de juros dos empréstimos e a performance financeira dos devedores, porém também foi encontrada uma relação negativa entre a renovação dos empréstimos e a performance financeira, diferente do que era esperado, uma vez que empresas com desempenho ruim tendem a ter seus empréstimos renovados. Para acessar o artigo completo clique aqui.

Apparent audit failures and value relevance of earnings and book value

Dang, Brown e McCullough (2011) examinaram o value relevance das informações contábeis em face de "aparentes" falhas de auditoria, encontrando que as informações contábeis parecem ser menos value relevants para empresas que passaram pela experiência de ter auditorias falhas (independente da reputação do auditor). Para acessar o artigo completo clique aqui.

Será que aqui no Brasil encontramos comportamento parecido com o que foi evidenciado nessas pesquisas?


 



 

 


 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...